Total de visualizações

O Atendimento Psicopedagógico

O Atendimento Psicopedagógico

Quem ensina e quem aprende:

Quem ensina e quem aprende:

31 de agosto de 2015

Motricidade, Lateralidade e Coordenação Motora


Atividades para trabalhar motricidade fina e ampla, lateralidade e coordenação motora. As atividades de coordenação ampla ou geral visam harmonizar os movimentos dos grandes músculos.
Locomotoras
As atividades locomotoras possibilitam ao corpo se deslocar no espaço. Envolvem atividades de rolar para frente, para trás, para o lado rastejar, caminhar, correr, saltar e saltitar.
                                                         Não-locomotoras
As atividades não – locomotoras não envolvem mudança de um ponto para outro no espaço. Exemplos: equilibrar, flexionar, estender, torcer, balançar, chacoalhar, girar e relaxar.
                                                            Manipulativas
As atividades manipulativas envolvem o manejo ou manuseio de objetos. Exemplos: carregar, chacoalhar, balançar, levantar, empurrar, puxar, equilibrar (habilidades que envolvam contato), bater, chutar, arremessar, rebater, pegar e pendurar.
Atividades locomotoras
§  Caminhar livremente sem esbarrar nos colegas;
§  Caminhar sobre linhas desenhadas no chão;
§  Caminhar primeiro de olhos abertos e, em seguida, de olhos fechados;
§  Caminhar na ponta dos pés;
§  Caminhar como um anão e como um gigante;
§  Caminhar atravessando obstáculos;
§  Saltar só com o pé direito, depois só com o pé esquerdo, com movimentação acelerada e lentamente.
§  Saltar obstáculos, ora pisando em todos, ora saltando um, saltando dois etc.
§  Saltar desviando de obstáculos;
§  Saltar para dentro de um arco e depois para fora dele;
§  Saltar no mesmo lugar, com os pés juntos: para frente, para trás, para um dos lados, para o outro;
§  Saltar uma corda balançando: com os pés juntos, alternando um pé e outro;
§  Correr, livremente, movimentando todo o corpo;
§  Correr, acompanhando o ritmo de palmas;
§  Correr, chutando um objeto;
§  Correr com um colega: lado a lado, atrás dele, segurando nos ombros como um trenzinho;
§  Correr, transportando um recipiente plástico cheio de água sem derrubar o líquido;
§  Imitar o pulo do sapo, do macaco, a minhoca se arrastando, o peixe nadando (peça também para que imite os sons conhecidos, exercitando a memória)
§  Andar imitando um trenzinho, transpondo obstáculos, passando por baixo de mesas eu formarão um túnel, circundar objetos.
Atividades não-locomotoras
§  Balançar partes do corpo, exemplos: balançar somente os braços, só uma perna, só a cabeça;
§  Equilibrar-se com os braços erguidos e os olhos fechados;
§  Equilibrar-se na ponta dos pés;
§  Flexionar as pernas, braços e tronco;
§  Morto-vivo;
Atividades manipulativas
§  Passar uma bola, sucessivamente, por entre as pernas, primeiro sob a direita, depois sob a esquerda, por cima da cabeça e entre as pernas novamente;
§  Jogar uma bola a um colega, agachando-se, aumentando e diminuindo a distância;
§  Arremessar a bola a um colega, deixando-a dar dois piques no chão;
§  Andar, com as pernas abertas, sobre uma corda esticada no chão;
§  Passar sob uma corda, que dois colegas seguram, sem encostar-se a ela;
§  Jogar com um colega, ambos parados, usando as duas mãos. Variar a atividade continuando o lançamento, ambos em movimento e usando só uma das mãos.
Atividades Lúdicas e Sensoriais
§  Jogos de memória
§  Recorte e colagem (papel picado, grãos, contas).
§  Rasgar papéis com as mãos.
§  Amassar os papéis picados.
§  Confecção de colares.
§  Pintura a sopro, a dedo e/ou a pincel.
§  Massinhas de modelar.
§  Argila
§  Brincar de faz-de-conta.
§  Mímicas: rir, chorar, dar gargalhadas, fazer caretas, piscar.
§  Dançar
§  Reconhecer e nomear partes do seu corpo e dos outros.
§  Brincar com água, terra, argila,areia, barro.
§  Reconhecer os sabores, doce, salgado, amargo, azedo.
§  Reconhecer as temperaturas: frio, quente, gelado.
§  Participar de brincadeiras rimadas e ritmadas, cantigas de roda, canções folclóricas.
§  Dramatizar cenas familiares e histórias curtas e repetidas frequentemente.
§  Observar e explorar o ambiente através do tato.
§  Identificar formas: quadrado, círculo, triângulo, retângulo.
§  Identificar cores.
§  Representa, por meio de gestos, sem utilização de objetos,: o fechar portas, calçar sapatos, receber uma visita, cozinhar, lavar, etc.
§  Rodinha para conversação.
§  Brincadeiras com bolas, petecas, balões, água, massa para desenvolver a percepção tridimensional, a percepção de distância e orientação espacial.
§  Ajudá-la no desenvolvimento do vocabulário, encorajando-a na identificação das atividades realizadas nas tarefas diárias.
§  Ensiná-la a identificar as roupas que usa e os diferentes passos no processo de vestir e despir.
§  Confecção de bandinha rítmica, para propiciar o canto acompanhado de instrumentos musicais.